quarta-feira, 21 de setembro de 2016

A Vida Anda Tão Veloz


"A vida anda tão veloz...
E eu não tenho esse compasso...
Eu quero dar um passo...
Mas nas brumas me desfaço.
Estou ainda vivendo o primeiro minuto de uma vida inteira...
Tudo é profundo,
E tudo me revela...
Sou drama, lama, bambu...
Beijos, abismos e desejos.
Sou fonte perdida no mato.
Sou fato.
Impossível não perceber tantos sinais 
E não passar impune pelos umbrais.
Não me permitir sentir e aceitar as mudanças impostas 
Por momentos sublimes.
Num portal adentrei...
Por um momento hesitei...
Mas não tem volta, pois o desconhecido me chama, 
Se mostrando tão meu... tão eu...
Mudei todos os traços... os laços...
Mudei os planos.
Morri... renasci milhões de vezes
Fui e ando sendo tudo ultimamente.
Aprendi a abrir minha porta pelo lado de dentro...
Vi o meu avesso e lá descobri a magia e os planos que cabem dentro de mim...
Abandonei a superfície e arrisquei esse mergulho 
Que não me sugere voltar...
Vi meu coração...
Me amei e rolei na cama muitas vezes sozinha...
Fui intensa e verdadeira...
Diferente de tudo que me amaram.
Quando me olhei, me enxerguei...
Quando me enxerguei, me amei...
Embevecida fiquei... pela vida me encantei...
A vida anda tão veloz...
E nesse novo compasso me encontrei 
E de mim não quero mais me perder...
Nessa mansidão vou seguir um novo caminho...
Nas brumas me achei... nas brumas me amei....
Feliz de quem descobrir que eu não sou um flash... um instante...
Sou uma fonte de inesgotáveis possibilidades...
Terra, ar, água e fogo ...
Todos os elementos estão aqui...
Hoje me faço, me desfaço...desejo... danço em volta de todas as fogueiras que fizeram em minha vida...
Abstraio o que não é desejo...
Em minhas mãos o resgate mais audaz que exploram meus sentidos.
Alguém poderia dizer ao tempo , que enfim renasci?
Enigma sou....
A velocidade do tempo desafia o compasso.
A vida anda tão veloz...

🍃🌺🍃🍒🌿🍒🍃🌺🍃💕🍃🌺🍃🍒🌿🍒🍃🌺🍃

07/06/2016

Carmem de Vasconcellos

...em parceria com meu amigo Francisco Cappato, meu eterno amor...

...Eternas saudades...

Realidade Paralela



"Todo artista tem seu mundo particular... 
Uma realidade paralela pra onde fugimos para nos reabastecer e buscar inspiração. Isso nos ajuda a sobreviver nesse caos nosso de cada dia."

•ღ🍃🌸🍃ღ¸¸¸¸.•*¨¨*•.ღ🌸❥🌸¸.•*´¨`*•.¸🌸❥🌸ღ¸¸¸.•*¨¨*•ღ🍃🌸🍃ღ¸

01/06/2016

Carmem de Vasconcellos

Namaste

Meus 36 anos


"Meus 36 anos não voltam mais....
Hoje mais velha, mas mais madura e livre. Sem amarras, conquistei a mim mesma e isso não tem preço. Perder o viço da juventude é triste.....mas mais triste ainda é não conseguir se enxergar por dentro e ver o vasto mundo de possibilidades. Mais triste ainda é não amadurecer e não se amar e querer bem, pois quem não se ama não é capaz de amar mais nada!"

¸.•*´¨`*•.¸ღ🌸❥ღ¸¸¸¸ღ🍃🌸🍃ღ¸¸¸¸ღ❥🌸ღ¸.•*´¨`*•.¸

26/05/2016

Carmem de Vasconcellos

Namaste

Oh metade de mim


Oh metade de mim, 
Onde estás?
Metade perdida de mim...
Já enfrentei frio rigoroso, e calor escaldante...
Já subi montanhas, naveguei em mares distantes,
E nadei em praias à tua procura...
Onde estás que não te encontro?
Oh metade de mim...
Não grito aos quatro cantos que te quero...
É no silêncio que procuro te reconhecer.
Meu coração chama por ti.
Não demores...
Não me maltrates mais...
Sou inteira... 
Mas ainda assim, és metade de mim...
Metade perdida de mim!

24/05/2016

Carmem de Vasconcellos

❤•*¨¨*•.ღ🌸🍃🌷🍃❤🍃🌷🍃🌸¸.•*´¨`*•❤

Manto de Estrelas



É noite, e eu deitada no chão ao relento, apenas coberta com o manto das estrelas...

A lua minguante não clareia muito, mas ainda se vê a silhueta da mata no topo da montanha.

O coaxar dos sapos, rãs e pererecas ecoam pelo vale dando um tom de alegria.
O orvalho umedece o ar dando um frescor agradável, aliviando o calor.

Respiro fundo e sinto o poder da Mãe Natureza.
Contemplo o céu, que mostra sorridente seu esplendor.

Momento sublime...
Horas depois me levanto preenchida de uma energia enebriante ...

Só me resta agradecer ao Universo essa Dádiva Divina...

Carmem de Vasconcellos!

03/01/2013

ღ¸¸¸.•*¨¨*•ღ🍃🌸🍃ღ¸¸¸¸.•*¨¨*•.ღ